Corrida Fim da Europa – 29 de janeiro: cortes de trânsito. Saiba mais  /// Acesso ao Parque de Monserrate: Alteração temporária de trânsito. Saiba mais 

Programas das Galas da Escola Portuguesa de Arte Equestre

ACEDA AO PROGRAMA AQUI

 

As Galas mensais da Escola Portuguesa de Arte Equestre recriam o ambiente que se vivia na corte do século XVIII e princípios do século XIX. Realizadas, habitualmente, ao som de música dos períodos barroco, pré-clássico e clássico, estes espetáculos evocam um ambiente requintado e envolvente que transporta o público para a época da Picaria Real, para assistir a vários exercícios equestres como os Ares Altos e os Jogos da Corte. Todos os cavalos da Escola nasceram na Coudelaria de Alter, são machos, castanhos, de raça Lusitana e ferro Alter Real. 

 

Montado há mais de cinco mil anos, aquele que é hoje o cavalo Lusitano reúne um conjunto de caraterísticas ancestrais que o distinguem das outras raças pelo grande equilíbrio físico e psíquico, versatilidade, docilidade, agilidade e coragem, qualidades que permitem um entendimento perfeito com o cavaleiro, conferindo-lhe enorme aptidão para a Alta Escola. 

 

Em média os cavalos entram na Escola Portuguesa de Arte Equestre com quatro anos e precisam de cerca de outros quatro anos para se apresentarem em espetáculos onde surgem com arreios de época, montados por cavaleiros também trajados a rigor. 

 

Foto3 11Zon