Jazz em Monserrate: Concerto de apresentação reagendado. Saiba mais | Palácio da Pena: visita ao interior apenas com data e hora marcada, indicadas no seu bilhete; não existe tolerância de atraso. Saiba mais

O Paço de Sintra: descontinuidades e permanências arquitetónicas num monumento de longa história

Palacio Sintra 02 Credits PSML EMIGUS 80Cm250dpi Copy
Novidade

Locais

Palácio Nacional de Sintra

Datas

24/09/2023 - 10h30

Duração

90 a 120 minutos

Público

Jovens e Adultos

Ponto de Encontro

Bilheteira do Palácio

Imagine que recebe como herança uma casa antiga de um antepassado. Quer habitá-la, mas as divisões e as características de cada espaço não se adequam às necessidades contemporâneas. O que fará? Irá derrubar/erguer paredes para ter novos espaços? Mudará a cozinha e a casa de banho? Fechará aquela varanda transformando-a numa marquise?

 


Se a adaptação de uma casa comum pode ser assim, num Palácio as alterações eram mais exigentes de modo a cumprir todas as necessidades da família real, que vinha acompanhada da corte, composta de juízes, oficiais, damas, camareiros, mais um rol de pessoas. Era assim necessário criar um “labirinto” de espaços, preparado para várias funções, respeitando hierarquias, e apto para as diferentes áreas da governação do reino.

 


Estas foram, possivelmente, algumas das questões que os habitantes régios do Paço de Sintra tiveram de colocar ao longo dos séculos. Sabemos que as formas de habitar dos séculos XV e XVI não são as mesmas que ditaram a arquitetura dos palácios construídos nos séculos XVIII e XIX. No entanto, ainda é possível perceber como as diferentes vivências contribuíram para as descontinuidades e permanências arquitetónicas num palácio com mil anos de história.

 


Com esta visita pretende-se dar a conhecer diferentes camadas históricas e como o Palácio era habitado em algumas épocas, percebendo como a arquitetura condiciona as vivências e carrega simbolismos, guiando o olhar dos participantes a perceber como o património imóvel, enquanto lugar de memória, é modificado pelo património vivo – nós. E no futuro? Que lugar ocuparão os palácios na nossa cultura?

A participação nesta iniciativa tem o valor simbólico de 1 euro. O bilhete deve ser adquirido na bilheteira online.

A visita guiada é assegurada por Cláudio Cardoso Marques (conservador)

Saiba mais sobre o monumento

Como chegar