Parques De Sintra Convento Dos Capuchos

Recantos

Convento dos Capuchos

Parques De Sintra Convento Dos Capuchos Terreiro Cruzes

Os peregrinos que chegavam ao convento, em busca de conforto espiritual, bem como de alívio físico para as enfermidades da época, faziam-no passando pelo Terreiro das Cruzes, assim designado por apresentar três cruzes em representação do Gólgota, onde Cristo foi crucificado: uma maior, ao centro, que representa a de Cristo, e as duas outras, menores, em representação dos outros dois homens que foram crucificados com Ele. Para subir ao terreiro é primeiro necessário escolher um de dois caminhos que a ele dão acesso através das cruzes menores. A indução das escolhas evoca o conceito de livre-arbítrio, representando a cruz o acompanhamento divino dessas escolhas. Não é, contudo, possível aceder-lhe através da cruz maior, em representação do conceito de inacessibilidade da via de Cristo aos Homens comuns, por ser uma via divina.

 

O acesso ao convento faz-se pelo Pórtico das Fragas, dissimulado entre dois grandes blocos de granito, onde se tocava o sino para que o Frade Guardião, detentor das chaves do convento, viesse abrir a porta.