Jazz em Monserrate: Concerto de apresentação reagendado. Saiba mais | Palácio da Pena: visita ao interior apenas com data e hora marcada, indicadas no seu bilhete; não existe tolerância de atraso. Saiba mais

Filme português galardoado no Festival de Cinema de Cannes teve colaboração da Parques de Sintra

07 jun. 2024

“Grand Tour”, o filme que valeu ao cineasta português Miguel Gomes o prémio de melhor realização no Festival de Cinema de Cannes 2024, em França, no passado dia 25 de maio, contou com uma pequena contribuição da Parques de Sintra ao nível da cenografia. Uma vez que a narrativa da película é passada no oriente, em locais como Birmânia e Saigão, foi necessário recriar no estúdio, em Lisboa, uma floresta tropical tailandesa. Para conseguir o cenário pretendido, a produtora Uma Pedra no Sapato solicitou a colaboração da Parques de Sintra, que cedeu material orgânico resultante de ações de manutenção e de controlo de densidade de vegetação do Parque da Pena, incluindo folhas secas de fetos e ramas provenientes de podas.

 

Enquanto entidade gestora de bens culturais, a Parques de Sintra apoia, sempre que possível, projetos no âmbito da cultura. A contribuição para esta produção cinematográfica é apenas um exemplo das muitas colaborações que a empresa tem levado a cabo, desde a sua fundação, nesta área.  

 

“Grand Tour” segue um romance do início do século XX, em que um funcionário público do império britânico foge da noiva no dia em que ela chega para o casamento. Ao conquistar o prémio de melhor realização do prestigiado Festival de Cinema de Cannes, o filme entra para a história do cinema português. Para o realizador Miguel Gomes, foi a primeira distinção nesta competição.

Parques De Sintra Parque E Palacio Da Pena Feteira Rainha