Pandemia/Alterações nos serviços: funcionamento de Cafetarias e horários de algumas Bilheteiras (consultar Planear a visita) | Parque da Pena: entrada dos Lagos temporariamente encerrada

Parques de Sintra, Fundo Ambiental e Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas assinaram protocolo para o restauro e conservação de áreas florestais

02-06-2021

 

Decorreu ontem, 1 de junho, a cerimónia de assinatura do protocolo “Restauro e conservação de áreas florestais sob gestão da Parques de Sintra - Monte da Lua no Parque Natural de Sintra-Cascais”, entre a Parques de Sintra, o Fundo Ambiental e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas, IP. O evento, que decorreu na Sala da Música do Palácio de Monserrate, foi promovido conjuntamente pela Parques de Sintra e pela Câmara Municipal de Sintra, representada pelo seu Presidente, Basílio Horta, tendo contado com a presença do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes; do Secretário de Estado da Conservação da Natureza, das Florestas e do Ordenamento do Território, João Paulo Catarino; da Diretora do Fundo Ambiental, Alexandra Carvalho; e do Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, Nuno Banza.

 

O protocolo agora firmado incide no restauro e conservação de áreas florestais sob gestão da Parques de Sintra, com o objetivo de aumentar a resiliência das espécies e dos habitats às alterações climáticas e, desta forma, alcançar uma melhoria do seu estado de conservação neste território. Para tal, as intervenções previstas obedecem a três eixos de atuação: a proteção florestal contra incêndios, envolvendo ações de redução da vegetação espontânea presente no sub-coberto e operações de manutenção de faixas de gestão de combustível; o controlo de espécies invasoras, que provocam sérios desequilíbrios no ecossistema; e a conservação da biodiversidade, com a recuperação e a renaturalização de linhas de água e respetivos habitats.

 

No total, até ao final de 2021, serão intervencionados mais de 300 hectares, correspondendo a um investimento de 400 mil euros integralmente suportados pelo Fundo Ambiental. Este apoio contribui para que a Parques de Sintra prossiga a sua missão de administrar de forma integrada um importante conjunto patrimonial, localizado, sobretudo, na área inscrita pela UNESCO como Paisagem Cultural de Sintra. Este património integra cerca de 1.000 hectares de áreas florestais certificadas pelo Forest Stewardship Council (FSC®), que atesta a gestão sustentável das florestas ao cuidado da Parques de Sintra. A empresa trabalha continuamente para promover a biodiversidade dos ecossistemas e o robustecimento dos habitats, de modo a prepará-los para resistir à propagação de um eventual incêndio e a torná-los mais resilientes face aos efeitos das alterações climáticas. As estratégias de conservação e as decisões de gestão da Parques de Sintra são apoiadas nos diversos trabalhos de investigação sobre as espécies e os habitats que a empresa leva a cabo em parceria com universidades e centros de investigação.

 

Protocolo FA PSML ICNF Creditos PSML Josemarquessilva