Palácio da Pena: visita apenas com data e hora marcada, indicadas no seu bilhete; não existe tolerância de atraso

Intervenção na Cascata das Conchas do Palácio Nacional de Queluz

Cascata Das Conchas Credits PSML Luisduarte(Resized)

Concluída em 1779, a Cascata das Conchas encontra-se adossada à parede do terraço do Pavilhão Robillion, por baixo da atual esplanada da Cafetaria do Palácio de Queluz. Foi desenhada por Jean-Baptiste Robillion e lavrada numa única pedra de calcário de lioz pelos mestres escultores Filipe da Costa e Manuel Alves. Apresenta quatro taças que conferem ao conjunto o efeito de cascata e aludem a motivos de ourivesaria bastante comuns nas salvas de prata. Estes motivos remetem para a primeira função que Robillion desempenhou na corte de D Pedro III, em 1749, como discípulo do renomado ourives francês Thomas Germain.

 

A partir de 8 de agosto de 2022, a Cascata das Conchas encontra-se submetida a trabalhos conservação e restauro, por apresentar depósitos localizados de concreção calcária escura, que se traduzem no enegrecimento do material pétreo, e, ainda, colonização biológica na parede do fundo e nas taças da cascata. Esta intervenção tem duração prevista de 1 mês e, como é habitual na Parques de Sintra, realiza-se à vista do público, não interferindo com a visita aos jardins do Palácio de Queluz.

 

Espaço privilegiado de lazer da Corte Portuguesa e de elevado valor paisagístico e patrimonial, os Jardins do Palácio Nacional de Queluz são dos mais importantes jardins históricos europeus. A intervenção de conservação e restauro de todos os elementos que integram, como é o caso da Cascata das Conchas, insere-se na missão da Parques de Sintra, de salvaguarda e valorização do património cultural e artístico do património ao seu cuidado.

Trabalhos contemplados

  • Registo fotográfico em todas as fases, com vista a avaliar o estado de conservação dos elementos antes da intervenção, no decorrer dos trabalhos e após a sua conclusão.
  • Ação de limpeza geral das superfícies por lavagem a pressão controlada com aplicação de solução de biocida. Lavagem de precisão dos fundos das taças para eliminação de depósitos menos aderentes.
  • Limpeza e eliminação de depósitos concrecionados por ação de micro-abrasão de precisão. Serão testados vários abrasivos de forma a selecionar o mais indicado (óxido de alumínio de várias granulometrias, farinha de sílica, entre outros).
  • Refechamento pontual de juntas e micro refechamentos. As juntas que apresentem sinais de degradação ou que ponham em risco a estanquicidade das taças serão alvo de limpeza e refechamento e seladas com argamassa hidráulica hidrófuga.

Sobre a intervenção

Local intervencionado:

Cascata das Conchas adossada ao Pavilhão Robillion do Palácio Nacional de Queluz

Início:

Agosto 2022

Duração prevista:

1 mês

Palácio Nacional e Jardins de Queluz