REABERTURA A 5 DE ABRIL | Consulte as limitações devidas ao atual Estado de Emergência nas secções Horários, Cafetarias e Lojas (em Planear a visita)

Parques de Sintra vence World Travel Award para “Melhor Empresa do Mundo em Conservação” pelo oitavo ano consecutivo

Wta 2020 Noticia 14

A Parques de Sintra venceu, pelo oitavo ano consecutivo, o World Travel Award para “Melhor Empresa do Mundo em Conservação” (World’s Leading Conservation Company), uma distinção que volta a reconhecer a eficácia da sua gestão dos valores patrimoniais que lhe foram confiados, numa altura em que enfrenta os desafios decorrentes dos impactos da pandemia de Covid-19. Não obstante a quebra acentuada nas receitas, a empresa, cujos investimentos são realizados apenas com base em capitais próprios, conseguiu permanecer uma referência internacional na sua área, fruto do trabalho de reinvenção que tem levado a cabo. Os vencedores dos galardões deste ano foram anunciados esta sexta-feira, 27 de novembro.

 

Sofia Cruz, Presidente do Conselho de Administração da Parques de Sintra, salienta a importância desta nova distinção, não deixando de assinalar o esforço acrescido que a presente conjuntura impõe: “É muito prestigiante sermos considerados os melhores do mundo no que fazemos, pelo oitavo ano consecutivo, sobretudo no contexto particularmente difícil em que estamos a viver, que tem exigido um grande esforço por parte de todas as equipas face às contingências a que a situação de pandemia obrigou. Perante os desafios que os novos tempos colocam, a Parques de Sintra reinventou-se, adaptando a sua oferta e a sua estratégia de comunicação. Tirando partido do vasto património natural que gere, implementou novas atividades e disponibilizou experiências únicas, especialmente pensadas para que o público nacional possa usufruir do património em segurança.
Os projetos de conservação, recuperação e restauro realizados pela empresa, investimentos feitos unicamente com base em capitais próprios, têm gerado novos motivos de interesse, com destaque para o Convento dos Capuchos, que reabriu em agosto, após a conclusão de intervenções de conservação e restauro complexas e de grande dimensão, que trouxeram novos conhecimentos sobre o monumento e permitiram potenciar a experiência da visita. Sem dúvida, um dos projetos mais sensíveis dos 20 anos de história da Parques de Sintra. Uma história que conta com várias demonstrações do reconhecimento internacional da excelência do trabalho que os colaboradores da empresa realizam diariamente, como é o caso deste prémio, que nos incentiva a prosseguirmos a nossa missão, procurando um aperfeiçoamento contínuo da nossa forma de trabalhar e confiando no empenho de todos para conseguirmos ultrapassar esta fase.”

 

Considerados internacionalmente os “óscares do turismo”, os World Travel Awards visam reconhecer, premiar e celebrar a excelência em todos os setores do turismo. Contando com concorrentes de todo o mundo, os prémios representam uma das distinções mais importantes que as empresas deste ramo podem receber, sendo a marca reconhecida globalmente como selo de qualidade. A votação é realizada pelo público em geral e por profissionais do turismo.

 

A Parques de Sintra é uma empresa de capitais exclusivamente públicos que não recorre ao Orçamento de Estado. O património sob sua gestão é mantido, recuperado e colocado à disposição do público com base apenas nas receitas geradas nas suas bilheteiras, cafetarias, lojas e por via do aluguer de espaços. À sua guarda estão: o Parque e Palácio Nacional da Pena; os Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz; o Chalet da Condessa d’Edla; o Castelo dos Mouros; o Palácio e Jardins de Monserrate; o Convento dos Capuchos e a Escola Portuguesa de Arte Equestre. Registando um crescimento constante de visitas ao longo dos últimos anos, em 2019, estes monumentos e parques ultrapassaram os 3,5 milhões de entradas. Em 2020, o impacto da pandemia de Covid-19 originou uma quebra acentuada no volume de visitantes e travou bruscamente esta tendência.

World Travel Awards 2020

Entrega virtual de prémio à Parques de Sintra