Alterações nos serviços devido à pandemia: ver secções Horários, Cafetarias e Lojas (em Planear a visita) | 15 maio 2021: Convento dos Capuchos encerrado durante o horário diurno; cortes de trânsito na via pública em Sintra devido à realização do Rali das Camélias (ver Como chegar, em Planear a visita)

Convento dos Capuchos volta a acolher visitas noturnas

Em maio, aos sábados, haverá novas visitas noturnas ao Convento dos Capuchos. É com esta experiência diferenciadora que a Parques de Sintra comemora o aniversário da fundação do convento, que se celebra a 3 de maio, Dia da Invenção da Santa Cruz. As visitas arrancam já no próximo dia 8 de maio, serão acompanhadas e terão a duração de 45 minutos, estando disponíveis 6 horários, entre as 19h00 e as 21h30. De acordo com as normas de segurança sanitária em vigor, a lotação máxima será de 6 pessoas por grupo.

 

Envolvidos pela misteriosa atmosfera noturna, os visitantes são levados a percorrer uma casa conventual franciscana de características únicas, que marca pelo seu despojamento e pela profunda comunhão com a natureza, com vista ao aperfeiçoamento do espírito. O percurso começa e termina junto ao portão de entrada do Convento dos Capuchos e inclui o Terreiro das Cruzes, todo o interior do convento, o claustro e o celeiro, que passa agora a acolher uma pequena exposição temporária de objetos deste convento.

 

Os bilhetes para estas visitas estão disponíveis exclusivamente online no site da Parques de Sintra, ao preço de 10€ para visitante adulto e de 8,5€ para jovem e sénior.

 

Exposição temporária “461 anos de História”

 

Também no âmbito do aniversário da fundação do Convento dos Capuchos, partir de 3 de maio estará patente no espaço recentemente recuperado do celeiro, a exposição temporária “461 anos de História”. Trata-se de uma pequena mostra de algumas peças do acervo do convento que se encontravam guardadas em reserva ou que foram recolhidas nas escavações arqueológicas que acompanharam o projeto de conservação, restauro e requalificação em curso.

 

Os objetos agora expostos, datados dos séculos XVII e XVIII, ilustram alguns aspetos do quotidiano do convento. Pratos, tacinhas, um jarro e livros em terracota, que foram objeto de restauro, são alguns dos artefactos que os visitantes poderão apreciar. Estas são apenas algumas das peças que farão parte do futuro Núcleo Museológico do Convento dos Capuchos, que ficará instalado no celeiro, uma nova valência que enriquecerá a experiência da visita, ao proporcionar uma melhor interpretação de todo o conjunto.

 

O acesso a esta exposição está incluído no bilhete de visita ao Convento dos Capuchos.

Convento Dos Capuchos Creditos PSML Jose Marques Silva