Palácio da Pena: visita ao interior apenas com data e hora marcada, indicadas no seu bilhete; não existe tolerância de atraso.

Parque da Pena acolhe exposição temporária dedicada à Paisagem Cultural de Sintra

21-04-2022

 

Foi recentemente inaugurada no Parque da Pena, mais precisamente no Picadeiro, uma exposição temporária centrada na Paisagem Cultural de Sintra, que pretende transmitir uma visão global do primeiro sítio europeu inscrito pela UNESCO, em 1995, na categoria de Paisagem Cultural. Percorrendo esta pequena mostra, os visitantes são convidados a descobrir as características excecionais do património construído e natural que compõe uma paisagem única no mundo, pontuada por monumentos de arquitetura singular, emoldurados por jardins e florestas de valor incalculável. A exposição, patente até abril de 2023, aborda, igualmente, os princípios orientadores e objetivos estratégicos no âmbito do novo Plano de Gestão da Paisagem Cultural de Sintra 2021-2026.

 

A Parques de Sintra, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade, reúne as instituições com responsabilidade na salvaguarda e valorização dessa Paisagem. Gere os seus principais valores naturais e culturais, nomeadamente, os Parques da Pena e de Monserrate, dois dos mais importantes parques botânicos de Portugal, e edifícios notáveis como os Palácios da Pena, de Sintra e de Monserrate; o Castelo dos Mouros; o Convento dos Capuchos; o Chalet e Jardim da Condessa d’Edla; e a Vila Sassetti.

Expo PCS Pqpena Creditos PSML Josemarquessilva Int