30/11/2023: cafetarias encerradas. Saiba mais | Palácio da Pena: visita ao interior apenas com data e hora marcada, indicadas no seu bilhete; não existe tolerância de atraso. Saiba mais

Castelo dos Mouros ilumina-se de vermelho pelo Dia Mundial para a Consciencialização da Distrofia Muscular de Duchenne e de Becker

06 set. 2022

Hoje, à noite, o Castelo dos Mouros ilumina-se de vermelho numa ação de sensibilização para o Dia Mundial para a Consciencialização da Distrofia Muscular de Duchenne e de Becker (DMD), que se assinala amanhã, dia 7 de setembro. Tal como no ano passado, a Parques de Sintra, em articulação com o Município de Sintra, volta a contribuir para o movimento global que visa chamar a atenção para esta doença neuromuscular rara que afeta principalmente os bebés do sexo masculino, com uma incidência de um caso em cada 3500 nascimentos.

 

Em 2022, a iniciativa da World Duchenne Organization (WDO), promovida em Portugal pela Associação Portuguesa de Neuromusculares (APN), decorre sob o mote “O X marca a Duchenne” e integra a campanha “As mulheres e a Duchenne”, pois a doença também afeta algumas mulheres. Embora muito poucas apresentem sintomas, existe um número significativo de mulheres que são portadoras da mutação e que podem transmiti-la aos seus filhos. Ao lembrar estas mulheres, a organização procura mostrar solidariedade para com a comunidade feminina, portadora ou atingida diretamente pela Distrofia Muscular de Duchenne, ou de Becker. 

 

A Distrofia Muscular de Duchenne é uma doença genética ligada ao cromossoma X e é causada pela incapacidade de o organismo produzir a distrofina, uma proteína fundamental para o funcionamento dos músculos. Os primeiros sintomas costumam surgir no início do segundo ano de vida, com os doentes a apresentarem atraso na aquisição da marcha, marcha instável, quedas frequentes, dificuldade em se levantarem do chão, subir e descer escadas ou incapacidade de correr. Pode verificar-se também atraso na linguagem, dificuldades de aprendizagem e alterações de comportamento.

 

Com esta iniciativa, a World Duchenne Organization, que também promove conferências científicas e outros eventos, procurar contrariar o desconhecimento que subsiste sobre esta doença. Para tal, conta com o apoio de locais como o Coliseu de Roma (Itália), a Sagrada Família (Espanha), as Cataratas do Niágara (Canadá), a Ponte Yavuz Sultan Selim (Turquia) e a Torre Petřín (República Checa). Em Portugal, estarão iluminados de vermelho mais de 50 monumentos e edifícios emblemáticos, nos quais se inclui o Castelo dos Mouros.

Consciencializacao Distrofia Noticia INT V2