Acesso ao Parque de Monserrate: Alteração temporária de trânsito. Saiba mais /// Palácio da Pena: visita apenas com data e hora marcada, indicadas no seu bilhete; não existe tolerância de atraso. Saiba mais

Luís Duarte PSML 1586

A Parques de Sintra - Monte da Lua, S.A. (PSML) é uma empresa de capitais exclusivamente públicos, criada em 2000, no seguimento da classificação pela UNESCO da Paisagem Cultural de Sintra como Património da Humanidade. A sua criação teve como objetivo reunir as instituições com responsabilidade na salvaguarda e valorização dessa Paisagem, tendo o Estado Português entregado a esta sociedade a gestão das suas principais propriedades na zona. Não recorre ao Orçamento do Estado, pelo que a recuperação e manutenção do património que gere são asseguradas pelas receitas de bilheteiras, lojas, cafetarias e aluguer de espaços para eventos. Todas as suas receitas são reinvestidas na preservação e requalificação do património que gere.

A Parques de Sintra é responsável pela proteção e conservação da Paisagem Cultural de Sintra. Para tal, dedica um investimento significativo ao estudo, revitalização e divulgação do património que administra, nomeadamente os três palácios nacionais ao seu cuidado: Sintra, Pena e Queluz. Desde 2007, a Parques de Sintra tem realizado um forte investimento no estudo e revisão da exposição permanente do Palácio Nacional da Pena, fruto da pesquisa aprofundada nos arquivos e do estabelecimento de parcerias com universidades e outras instituições culturais. A partir 2012, foi realizado um grande investimento no estudo e reabilitação do Jardim Botânico do Palácio Nacional de Queluz, galardoado com o com o prémio Europa Nostra em 2018.

Desde 2016, a prioridade da Parques de Sintra tem sido o Palácio Nacional de Sintra. Foram criadas novas valências para os visitantes, como a nova loja e a cafetaria. Houve também um investimento significativo na melhoria das acessibilidades a um palácio que inclui cerca de sete pisos e várias centenas de degraus.

A Parques de Sintra tem sido também uma referência nas boas práticas enquanto empresa inclusiva. Em 2015, a Parques de Sintra recebeu o prémio “Acessibilidade Física” atribuído pela instituição Acesso Cultura.