Corrida Fim da Europa – 29 de janeiro: cortes de trânsito. Saiba mais  /// Acesso ao Parque de Monserrate: Alteração temporária de trânsito. Saiba mais 

WIL 3 Photo W

O Museu do Palácio do Rei Jan III (MPW) em Wilanów é uma instituição cultural pública sob a alçada do Ministro da Cultura e do Património Nacional da Polónia. Realiza atividades no âmbito da proteção, partilha, educação, documentação e promoção de coleções de arte, da natureza e do património nacional. O museu encontra-se alojado num palácio barroco, a antiga residência do rei Jan III. Fundado em 1805, é também o museu de arte mais antigo da Polónia. Implementa a ideia de um museu aberto, direcionando as suas atividades para qualquer pessoa que visite o palácio pessoalmente ou através da sua página web e procurando abranger todos os grupos sociais. Especial atenção é dada às necessidades dos diversos grupos de visitantes e à melhoria contínua da qualidade da oferta, utilizando-se os meios mais eficazes de educação, intercâmbio de conhecimentos e comunicação social. O museu foi distinguido em diversas ocasiões pela sua contribuição para a proteção dos monumentos e do ambiente, assim como pelas suas inovações no campo da educação, conservação, exposição e atividades científicas. Coopera com instituições culturais e centros científicos e académicos na Polónia e em toda a Europa. Desde 2006, é membro da Association des Résidences Royales Européennes, uma rede de instituições culturais que gerem residências reais em diversos países europeus. O museu é ainda membro ativo do ICOM (Conselho Internacional de Museus).

O Museu do Palácio do Rei Jan III em Wilanów preserva o singular microcosmos de Wilanów criado por Jan Sobieski em finais do século XVII. O museu alberga muito mais do que a própria coleção, englobando também a organização espacial e todo o património imaterial de conhecimentos e competências que as instituições, incluindo os museus, devem cuidadosamente preservar. Todos os anos, milhões de turistas visitam o museu. Contudo, as visitas individuais têm um potencial limitado no desenvolvimento de relações mais permanentes entre o público e a instituição. Deste modo, o museu esforça-se por envolver as escolas locais e ajustar a oferta educacional para apoiar o desenvolvimento de competências-chave do público mais jovem. A criação de novas narrativas expositivas permite ao Museu adaptar a sua exposição permanente às necessidades educativas dos jovens (pensamento crítico, consciência cultural e competências de expressão) e desenvolver o público do museu. Temos uma vasta experiência na preparação de exposições e na conceção de narrativas baseadas na história desta residência barroca. O museu implementa ativamente novas soluções digitais para apoiar os visitantes e facilitar o acesso ao conhecimento atual sobre a história da sua coleção, incluindo a ferramenta "The Passage to Knowledge" (artigos no site do museu), filmes, materiais de e-learning, aplicações móveis e aulas online. A nossa equipa possui vasta experiência tanto na coordenação como na gestão de numerosos projetos educacionais para diferentes públicos: escolas, famílias, adultos e público sénior. Todos os anos o museu organiza diversas atividades educativas (aulas, workshops, cursos, etc.) dedicadas ao património histórico e natural e à reconstituição histórica.

Há muitos anos que o MPW tem vindo a realizar programas educacionais baseados na exposição permanente do palácio e áreas circundantes (jardins históricos e reserva natural). Os principais grupos-alvo deste programa são as escolas da Polónia e visitantes individuais da Europa. As aulas do MPW são direcionadas a diferentes níveis de ensino – alunos dos 4 aos 19 anos de idade. As atividades educacionais do museu são interligadas com os currículos escolares e facilitam a transmissão de conhecimentos sobre o património de Wilanów. O MPW procura ativamente promover a participação dos jovens no programa educacional do museu. Este grupo etário raramente frequenta o museu. Ao implementar este projeto, o museu irá mobilizar os jovens, incorporando-os no processo de reinterpretação da exposição permanente através da dança contemporânea. A combinação da narração histórica com esta forma de expressão artística irá criar uma nova abordagem a este património europeu. A implementação deste projeto ajudará a mobilizar os jovens, dotando-os das competências de pensamento crítico necessárias para compreender e proteger o património europeu. O MPW contribuirá com 3 membros do seu pessoal para o projeto: o curador do Departamento de Arte, responsável pela criação da narrativa da nova exposição e também pela seleção dos objetos; o educador do Departamento de Educação, responsável pela ligação da narrativa da nova exposição com os currículos escolares, bem como pela colaboração com as escolas; e um membro do pessoal responsável pelos relatórios financeiros, com experiência na contabilidade de projetos financiados pela UE. O educador do museu tem experiência na implementação de projetos educacionais, incluindo projetos financiados pela UE (Leonardo da Vinci, Cultura). Todos os funcionários do museu possuem eficiência organizacional, incluindo competências no planeamento de tarefas e atividades, gestão do tempo e gestão do stress. O curador tem experiência como membro de projetos e grupos de trabalho internacionais e está a par dos planos atuais e a longo prazo para as exposições do museu.