Corrida Fim da Europa – 29 de janeiro: cortes de trânsito. Saiba mais  /// Acesso ao Parque de Monserrate: Alteração temporária de trânsito. Saiba mais 

Festival Berlin

A associação MeetShareDance foi fundada em 2012 em Madrid, Espanha, para apoiar a dança, a criatividade e a arte para pessoas com e sem deficiências, e para criar uma rede internacional de profissionais e amadores de artes performativas na Europa e no resto do mundo. Esta associação oferece um programa educacional que proporciona aulas e workshops de dança inclusivos, organiza conferências e promove, divulga e apresenta a diversidade no campo das artes performativas, da dança e do teatro, tanto em Espanha como no estrangeiro. O objetivo é promover uma prática artística inclusiva e gerar um espaço público potenciador do intercâmbio cultural e do desenvolvimento artístico de indivíduos e grupos que trabalham com diversas formas artísticas.

Esta associação está sediada em Madrid, onde oferece aulas regulares de dança e dá a voz a diferentes formas artísticas. Está também envolvida num grupo que se foca na abolição de barreiras arquitetónicas em Madrid. Concebe e desenvolve programas educacionais e de formação profissional, artística e técnica para artistas com e sem deficiências. Concentra-se especialmente na promoção do intercâmbio cultural e artístico e no desenvolvimento resultante de encontros criativos. Nos últimos oito anos, tem vindo a trabalhar com mais de 500 alunos por ano e conduzido várias formações de professores.

A associação trabalha regulamente em colaboração a nível internacional, coproduzindo espetáculos de dança, colaborando com diversos grupos de dança mais pequenos, participando em eventos orientados para a teoria da dança e organizando projetos de menor dimensão a nível local. A nível internacional, há 8 anos que organiza um Festival Internacional de Dança, no qual já participaram mais de 500 pessoas, com e sem deficiências. A ênfase colocada na educação de futuros professores, diretores de teatro e educadores, que aprendem a programar e a estabelecer práticas inclusivas dentro do seu ambiente de trabalho, torna este festival particularmente importante. Desde 2012, o festival já foi realizado em sete países diferentes: Espanha, Eslovénia, Irlanda, Finlândia, Alemanha, Portugal e Irlanda do Norte. O desfile de rua, os espetáculos e as conferências abertas chegaram igualmente a outras comunidades. A associação também tem vindo a colaborar com bibliotecas públicas de Madrid, universidades e municípios, através de um programa de artes performativas e vários workshops de improvisação em dança. Nos últimos dois anos, estabeleceu uma Companhia de Dança denominada MSD, a qual foi selecionada para participar em vários festivais internacionais, atuando em diversos palcos e ao ar livre.