Percursos de observação de cogumelos

Leucoagaricus Bresadolae Var

Descrição

Estes percursos de observação de cogumelos são uma atividade paralela à Exposição de aguarelas de Sofia Arez "Desvio", patente na Abegoaria do Parque da Pena, entre 3 de outubro e 30 de novembro. São conduzidos pelo Professor e micólogo, João Luís Baptista-Ferreira, que apresenta assim esta experiência:

 

"Partindo da Abegoaria e passeando pela Quinta da Pena e Jardim da Condessa d’Edla, aventurar-nos-emos num passeio à descoberta do maravilhoso e fascinante mundo dos cogumelos.
O ambiente e o tema da visita evocar-nos-ão histórias de encantar, lendas, tradições, crenças e conhecimentos da sabedoria popular, que irão ser motivo para conversas e oportunidade para esclarecimento de questões que tantas vezes têm ficado sem resposta.
Deliciando-nos com a beleza com que a natureza nos envolve, foquemo-nos nos cogumelos, que são as formas visíveis de organismos vivos - os fungos - que, de uma maneira discreta, mas muito importante, fazem parte da biodiversidade que, de um modo mais exuberante, é manifestada por plantas e animais. Nos ciclos da natureza e da matéria, todos estes organismos intervêm e interagem, e neles o papel dos fungos é impressionante pelo vasto espectro de interacções que estabelecem em associações simbióticas quer de carácter mutualista (por exemplo, micorrizas e líquenes) quer antagonista (parasitando outros seres vivos) ou ainda na importante acção de devolução de nutrientes à natureza como decompositores de matéria orgânica.
Com a ajuda de alguns exemplares de cogumelos que iremos colher, sem prejudicar o habitat, deixemos impressionar os nossos sentidos pela observação das suas formas e cores, pelo odor, pelo sabor e pela sensação táctil que possam provocar.
Observando a morfologia e outras características de alguns espécimes, recorrendo a uma chave dicotómica simplificada, iremos dando-lhes nomes de acordo com o grupo taxonómico (Ordem) a que pertencem. Em alguns casos poderemos mesmo chegar a atribuir-lhes o nome do género ou, para os mais comuns, identificar a espécie.
E, para quem gosta de fotografar a natureza, não percam a oportunidade de registar as imagens destas estruturas normalmente tão efémeras, que, certamente, irão ser motivo de mais conversas.

J. L. Baptista Ferreira
Micólogo"

Biografia de João Luís Baptista Ferreira

Micólogo, licenciou-se em Biologia pela Universidade de Lisboa e doutorou-se na Universidade de Londres em genética de fungos.
Docente e investigador na Faculdade de Ciências de Lisboa, onde introduziu e lecionou diversas disciplinas na área da Micologia, tem vindo a contribuir para a divulgação, o reconhecimento e a defesa do património micológico português e a sua importância como recurso natural sustentável.


De entre a bibliografia micológica que publicou, destacamos:
• “Cogumelos dos Parques de Sintra”, livro que resultou de um trabalho de inventariação que levou a cabo nas áreas sob gestão da Parques de Sintra, no qual, através de 128 fichas com imagens colhidas localmente, descreve uma parte representativa da riqueza micológica que aqui é possível encontrar.
• “Cogumelos do campo até à mesa”, de que é coautor com Maria de Lourdes Modesto, recebeu o “Prix Litteraire Gastronomique - 2010” da Academia Internacional de Gastronomia.


Membro fundador da European Mycological Association e da International Society for Fungal Conservation, é representante de Portugal no European Council for the Conservation of Fungi e membro da Direcção da Sociedade Ibérica de Micologia.

Onde

Quando

10.10.2020

14.11.2020

28.11.2020

Os percursos começam às 14h30 e têm a duração aproximada de 3 horas.

O trajeto começa e termina na Abegoaria do Parque da Pena, completando-se com a visita à Exposição de aguarelas de Sofia Arez "Desvio". 

Condições

  • Inscrição gratuita, mediante aquisição do bilhete combinado Parque da Pena + Transfer, no valor de 12.50€. 
  • Transfer:

        Ida: 14h00 * Largo de São Pedro de Sintra > Chalet da Condessa d'Edla
        Volta: 17h30 * Abegoaria do Parque da Pena > Largo de São Pedro de Sintra 

  • Prazo limite para inscrição: até à quinta-feira anterior à data do percurso.
  • Sujeito ao número máximo de 10 participantes.
  • Recomendado para maiores de 12 anos.
  • Aconselha-se agasalho e uso de calçado confortável.
  • Passível de cancelamento, em caso de condições meteorológicas adversas.