REABERTURA A 5 DE ABRIL | Consulte as limitações devidas ao atual Estado de Emergência nas secções Horários, Cafetarias e Lojas (em Planear a visita)

O “Pinheiro da Pena” em sua casa

A Árvore de Natal de D. Fernando II no Salão Nobre do Palácio Nacional da Pena, dezembro de 2019
Novidade

Recolha

5 a 8 dezembro; 10h00-12h00 

Entrega

9 e 16 janeiro; 10h00-12h00; 13h00-15h00.

Plantação

23 janeiro; 10h00; bilheteira do Chalet da Condessa d'Edla

Adote uma árvore verdadeira e tenha um Natal ainda mais especial

Este Natal, a Parques de Sintra propõe a adoção de árvores verdadeiras, provenientes do Parque da Pena e da Tapada do Mouco, para decorar a sua casa. No final da quadra natalícia, estas árvores devem ser devolvidas para serem plantadas no Parque da Pena, numa ação de plantação na qual podem participar todas as famílias que adotaram uma árvore.

 

Esta iniciativa convida, não só, à adoção de comportamentos sustentáveis, como também invoca a memória histórica da primeira celebração do Natal em torno de um pinheiro decorado, em Portugal. Na época em que D. Fernando II reinou com D. Maria II, o Natal no Palácio das Necessidades, em Lisboa, fazia-se em torno de uma árvore trazida propositadamente do Parque da Pena, em Sintra, a que o rei chamava “o pinheiro da Pena”, sendo este monarca reconhecido como tendo introduzido este hábito na cultura portuguesa.

 

Para além de tornar o seu Natal ainda mais especial, levando para sua casa um bocadinho de história, ao participar nesta iniciativa estará também a contribuir para a conservação e valorização botânica do Parque da Pena. Os exemplares disponíveis para adoção são de algumas das espécies prediletas da família real para os Natais no Palácio das Necessidades, e destinam-se à plantação do Alto do Chá, no Parque da Pena, zona fortemente afetada pelos temporais dos últimos anos, que levaram à queda de muitos exemplares arbóreos.

Sobre as árvores

São exemplares das espécies Picea abies e Picea orientalis, com alturas variáveis entre os 1,30m e 1,60m e conformação de copa natural (todas as árvores são diferentes entre si, por se desenvolverem em condições naturais e não em produção intensiva com objetivos comerciais). A adoção é limitada ao stock existente, de 50 exemplares.

Todas as árvores são preparadas, com as raízes envolvidas em filme plástico e saco de serapilheira, e a copa enrolada com fio de ráfia para transporte.

No momento da adoção ser-lhe-á atribuído um exemplar específico, devidamente identificado, que deverá depois entregar no mesmo local e plantar pessoalmente durante a ação de plantação.

Pinheiros Da Pena Para Adocao Nos Viveiros Da Tapada Do Mouco Natal2020 Horizontal

Proveniência

Estas árvores provêm do Viveiro situado na Tapada do Mouco, contígua ao Parque da Pena. As coníferas produzidas neste viveiro têm vindo a ser plantadas no Parque da Pena, desde 2017, com vista à recuperação das áreas mais afetadas pelos temporais de 2013 e 2015 – o Regato das Perdizes, o Alto do Chá, o Jardim Inglês e a zona envolvente do Chalet da Condessa d’Edla e da Quinta da Pena –, com o objetivo de recuperar o elenco botânico original do parque.

Os Viveiros Florestais da Tapada do Mouco foram criados no final do séc. XIX para produção espécies arbóreas destinadas ao Parque da Pena. Foi com este mesmo objetivo que se recuperou a estrutura e a função deste Viveiro, com vista a conservar o banco genético e o valor botânico que a coleção do Arboreto Parque da Pena encerra.

Custo

Adoção
50 €
Caução
25 €

Como participar

1. ADOÇÃO: O pagamento (75€) é feito exclusivamente on-line, até às 14h00 da véspera do levantamento da árvore. A caução (25€) será reembolsada no momento da devolução da árvore, caso esta se apresente em boas condições (ver "Cuidados a ter com a sua árvore"). Caso a árvore não seja levantada, o valor da adoção (50€) não é reembolsável.

2. RECOLHA: A sua árvore poderá ser levantada na casa Info Parques de Sintra, em S. Pedro de Sintra, entre as 10h00 e as 12h00 dos dias 5, 6, 7 e 8 de dezembro de 2020.

3. ENTREGA: Poderá entregar a sua árvore no mesmo local, nos dias 9 e 16 de janeiro de 2021, entre as 10h00 e as 12h00 e as 13h00 e as 15h00. Caso a árvore não esteja danificada nem evidencie falta de cuidados, e esteja em condições de ser plantada no Parque da Pena, será emitida uma Nota de Crédito e o valor da caução ser-lhe-á reembolsado.

4. PLANTAÇÃO: No dia 23 de janeiro de 2021, poderá participar na ação de plantação da sua árvore no Alto do Chá. Esta ação tem duração prevista de 2 horas e o ponto de encontro é às 10h00, na bilheteira do Chalet da Condessa d’Edla.

Cuidados a ter com a sua árvore

  • As árvores devem ser mantidas afastadas de fontes de calor (ar condicionado, lareira, etc.);
  • Regar 1 vez por semana;
  • O fio de ráfia com que a árvore é fornecida deve ser guardado, para que possa ser utlizado para envolver novamente a árvore para transporte, no dia da devolução;
  • Em caso algum devem ser eliminados ramos da árvore;
  • Devem ser evitadas feridas na árvore durante o transporte;
  • A identificação numérica de cada árvore não deve ser retirada. Este número identifica a árvore que adotou, com vista à sua posterior devolução e plantação.