Bilheteira

Parques e Monumentos

Quintinha Fora da Rede

Instalação dos painéis solares para geração de eletricidade na Quintinha de Monserrate.
Painéis solares instalados na Quintinha de Monserrate. ©PSML | Jonas Tavares

Permite uma abordagem pedagógica em duas vertentes principais:
1. Apresentando aos visitantes do espaço os métodos de produção de energia através de fontes como a água, o vento e o sol, observando in loco o funcionamento dos equipamentos;
2. Explicando que a eletricidade produzida é utilizada apenas nos consumos da Quintinha, não havendo lugar a venda de energia para a rede pública. Com esta opção a Parques de Sintra pretende transmitir a mensagem de que a utilização de energias renováveis deve focar-se na proteção ambiental e não no potencial negócio associado à produção/venda de energia (o que pode motivar um consumo energético mais descuidado e potencialmente exagerado).

A implementação deste projeto permite aos visitantes da Quintinha de Monserrate observar os mecanismos de produção de energia elétrica a partir de três fontes:

Vento, cuja energia é captada por um aerogerador – ENERGIA EÓLICA
Água, cuja energia é captada por uma hidroturbina – ENERGIA HÍDRICA
Sol, cuja energia é captada por um conjunto fotovoltaico – ENERGIA SOLAR

A energia produzida por estas três fontes é armazenada em baterias na Central da Quintinha e, através de um inversor de corrente, passa de corrente contínua DC para corrente alternada AC (que se utiliza nas casas). A utilização das três fontes de energias renováveis, cuja produção é sazonal, permite que não seja necessário recorrer a energia da rede pública, a não ser em casos de emergência.

 

Objetivos do projeto
Os equipamentos da “Quintinha Fora da Rede” foram instalados em 2012, integrados no projeto BIO+Sintra, cofinanciado pelo Programa LIFE da Comissão Europeia e conduzido pela Parques de Sintra – Monte da Lua.

O BIO+Sintra visa despertar a atenção para a importância da proteção da biodiversidade, questão que se relaciona intimamente com o controlo dos consumos energéticos. Desta forma, o projeto “Quintinha Fora da Rede” aposta fortemente não apenas na demonstração dos métodos de funcionamento dos equipamentos que produzem energia a partir de fontes renováveis, e da forma como tornam o local energeticamente autossustentável, mas também na chamada de atenção para o problema de atualmente as razões para adoção destas medidas não serem as mais adequadas, resultando potencialmente em prejuízo ambiental (consumos excessivos). Esta questão prende-se com o facto de atualmente se instar à utilização de energias renováveis com o objetivo de poupar nos consumos ou até mesmo de fazer negócio, obtendo retorno através da venda de energia à rede pública. Ao fomentar esta atitude rapidamente se atinge um ponto em que os consumidores de energia, ao invés de tentarem reduzir os seus consumos, o fazem desregradamente, passando a consumir muito mais energia porque isso não tem custos associados.

Com este projeto pretende-se que os visitantes da Quintinha de Monserrate não só percebam o funcionamento e as opções em termos de produção de energia através de fontes renováveis, mas também que compreendam a importância de produzir apenas a quantidade de energia de que precisam, mantendo os hábitos de controlo dos consumos energéticos. Ao optar por produzir apenas as quantidades de energia de que necessitam, os utilizadores de energias renováveis dispensam também os processos de licenciamento que a venda de energia à rede exige. Basta analisarem as suas necessidades energéticas, adquirirem os equipamentos necessários e produzirem energia para consumo próprio.



Ir para o topo ^

© 2018 Parques de Sintra – Monte da Lua - Todos Os Direitos Reservados.

ÚLTIMA ACTUALIZAÇÃO 2018-02-16