Bilheteira

Parques e Monumentos

História

  • 2013

    Abertura ao público do Centro de Apoio ao Visitante composto por bilheteira, loja, cafetaria e instalações sanitárias. O projeto efetuou o restauro de caminhos e muralhas, requalificação da envolvente paisagística, recuperação da Igreja e abertura da cisterna para visita.

  • 2010

    Iniciam-se as obras de recuperação do Castelo através da implementação do projeto “À Conquista do Castelo”.

  • 2009

    A PSML dá início ao Campo de Investigação Arqueológica do Castelo dos Mouros, para dar a conhecer, de modo mais objetivo, as ocupações humanas do castelo, as suas fases construtivas e os espaços de vivência.

  • 2007

    Reabilitação do acesso pedonal aos Mouros e Pena por Santa Maria.

  • 2000

    A Parques de Sintra assume a gestão do Castelo dos Mouros.

  • 1998-2000

    Identificada a existência de estruturas de uma habitação muçulmana e silos.

  • 1995

    UNESCO classifica a Serra de Sintra, onde se localiza o Castelo dos Mouros, como Paisagem Cultural-Património da Humanidade.

  • 1993-1995

    Identificada em escavações arqueológicas a existência de uma ocupação neolítica.

  • 1976-1981

    Primeiras escavações de investigação arqueológica junto ao Castelo e na Igreja de São Pedro de Canaferrim.

  • 1939

    Obras de recuperação efectuadas pela DGEMN, integradas num programa desenvolvido pelo regime político da época, no âmbito das comemorações do Centenário da Reconquista cristã.

  • 1839

    D. Fernando II afora o Castelo e restaura ao estilo romântico de oitocentos, através de plantações exuberantes e reconstruções que refletem o imaginário medieval.

  • 1287

    D. Dinis doa à Rainha Santa Isabel a vila de Sintra e o seu termo.

  • 1154

    Atribuída Carta de Foral à Vila de Sintra e entregue o Castelo a Gualdim Pais, Mestre da Ordem do Templo.

  • 1147

    Na sequência da conquista de Lisboa por D. Afonso Henriques, termina o domínio muçulmano do castelo.

  • 1109

    Incursão ao castelo de Sigurd I, rei da Noruega, o primeiro Rei Cruzado.

  • Séculos XI-XII

    Última fase de ocupação do Bairro Islâmico do castelo, visível nas áreas arqueológicas preservadas.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               .

  • Século XI

    Primeira referência a “dois castelos […] de extrema solidez” em Sintra, pelo geógrafo árabe Al-Bakrî.
    Fonte: Al-Himyarî, geógrafo e historiador árabe.

  • Século X

    Fundação do Castelo, dependente administrativamente do Califado de Córdova.

  • Século VIII

    Conquista muçulmana do Al-Andalus. Território atual de Portugal e Espanha.

  • 1.200 a.C.

    Idade do Bronze.
    Existência de um povoado fortificado neste local, representado pelos inúmeros fragmentos cerâmicos desta época.

  • 5.000 a.C.

    Ocupação das vertentes do castelo por comunidades neolíticas.

Ir para o topo ^

© 2018 Parques de Sintra – Monte da Lua - Todos Os Direitos Reservados.

ÚLTIMA ACTUALIZAÇÃO 2018-06-22