Logo Psml Small

Parque e Palácio da Pena

Chegada
Existência de um lugar de estacionamento para pessoas com deficiência.

A grande maioria dos colaboradores tem formação básica em Língua Gestual Portuguesa, pelo que à chegada à bilheteira poderá fazer o contacto desta forma. A bilheteira tem também disponível um serviço de intérprete de Língua Gestual através de videochamada (Serviin) que facilitará o esclarecimento de questões relacionadas com a visita.

Fruição no Parque
Cadeiras de rodas manuais de chassi de encartar estão disponíveis, mediante reserva.
Em caso de dificuldade na movimentação da cadeira de rodas manual por parte do acompanhante ou do próprio até ao local do transfer para o Palácio poderá ser disponibilizado auxílio neste troço.

Existência de transporte pago a cada 15 minutos (transfer) entre a entrada principal e o Palácio com possibilidade de transporte de uma cadeira de rodas. Visitantes com deficiência têm redução no bilhete do transfer. Este autocarro é acessível a todos, incluindo pessoas em cadeiras de rodas pela existência de uma plataforma na porta traseira que movimentará o visitante para o interior do veículo. Um membro do staff/o motorista ajuda a colocar a cadeira de rodas no autocarro, sem necessidade de reserva prévia.

Visitante em cadeira de rodas utiliza o transfer acessível, com apoio do staff da Parques de Sintra.

©PSML | Wilson Pereira

Quem preferir não utilizar o meio de transporte mencionado anteriormente pode optar por um percurso rampeado até à base do Palácio, tendo em atenção que o percurso é longo, muito inclinado e é necessário acompanhamento.

Novo equipamento de tração adaptável à grande maioria das cadeiras de rodas manuais existentes está disponível, mediante reserva, e permite com menor esforço e maior rapidez percorrer o percurso mencionado anteriormente. Para mais detalhes sobre o equipamento consulte a página dedicada aos equipamentos.

Visitante em cadeira de rodas, na entrada para o Palácio da Pena, a utilizar o equipamento de tração de cadeiras de rodas.

©PSML | Wilson Pereira

Caso não tenha procedido à reserva dos equipamentos, o visitante terá que se sujeitar à disponibilidade existente. O tempo de montagem na cadeira de rodas manual do visitante ronda os 20 minutos. O visitante poderá utilizar o equipamento durante 1h30 com tolerância de 15 minutos de retorno ao local combinado com o responsável.

Existência de transporte elétrico – Hop On Hop Off – acessível que poderá transportar uma pessoa em cadeira de rodas sem necessidade de transposição para o banco da viatura. Poderá, assim, percorrer vários pontos do parque autonomamente.

Transporte elétrico hop-on hop-off disponível no Parque da Pena com visitante em cadeira de rodas a subir para o mesmo.

©PSML | Wilson Pereira

O equipamento de tração mencionado anteriormente pode também ser utilizado para visitar autonomamente o Parque da Pena, de acordo com o percurso indicado no mapa como o mais aconselhável.

Podem ser requisitadas visitas guiadas mediante reserva, com indicação das necessidades especiais do visitante.

 

Palácio da Pena
O transporte disponível (transfer) tem como terminal a base do Palácio. Chama-se a atenção para a existência de uma rampa de acesso de grande inclinação até à entrada do Palácio. A distância da base até à entrada do Palácio é de cerca de 90 metros. A inclinação desse percurso chega aos 18% em alguns troços. Se solicitado, o equipamento de tração mencionado anteriormente poderá encontrar-se disponível na base do Palácio, para uso do visitante e permitirá a fruição no percurso com segurança e autonomia.

Cadeiras de rodas manuais de chassi de encartar estão disponíveis, mediante reserva.

A loja, restaurante e cafetaria do Palácio da Pena foram renovados recentemente estando acessíveis a todos. Existência de WC acessível e um elevador que liga os vários pisos. O elevador dá acesso aos terraços da cafetaria. Possibilidade de reservar uma cadeira de rodas manual na loja do Palácio.

A ligação entre o terraço da cafetaria e os terraços do Palácio é feita através de uma escada, mas encontra-se ainda em teste uma alternativa mecânica para o efeito.

Vista do Terraço do Palácio Nacional da Pena, com corrimões de segurança para visitantes com mobilidade condicionada e acessível para visitantes com cadeira de rodas.

©PSML | Wilson Pereira

A sinalética existente na loja, restaurante e cafetaria do Palácio da Pena foi renovada, encontrando-se, de momento, mais acessível com a inclusão de pictogramas, painéis antirreflexo e letras legíveis.

Vista do elevador de acesso ao restaurante e cafetaria, com sinalética apropriada para visitantes com mobilidade e/ou visão condicionadas.

©PSML | Wilson Pereira

O interior do Palácio não é acessível a pessoas com mobilidade condicionada devido à existência de degraus ao longo de todo o percurso.

A sala de grupos do Palácio da Pena é acessível através de Plataforma Elevatória.

 

Distâncias
Entrada do Parque – Palácio da Pena
– Percurso mais curto (não inclusivo, pela existência de escadas) – 380 metros
– Percurso sem barreiras físicas e o mais indicado para pessoas com mobilidade condicionada – 600 metros

Entrada Portão do Chalet da Condessa – Chalet da Condessa d’Edla
– Percurso inclusivo – 100 metros

Entrada Portão do Chalet da Condessa – Abegoaria
– Percurso inclusivo – 570 metros

Download mapa de visita

img pintrest