Logo Psml Small

Categorias

ENCONTRE RESPOSTA RÁPIDA PARA AS DÚVIDAS
CLICANDO NAS PERGUNTAS ABAIXO

É permitida a entrada de animais nos parques e monumentos sob gestão da Parques de Sintra?

Não é permitida a entrada de animais em qualquer um dos parques e monumentos sob gestão da Parques de Sintra, à exceção de cães guia.

A alteração significativa do número de elementos de um grupo, para mais ou para menos, pode implicar a alteração do n.º de monitores/guias ou materiais disponíveis para a visita. Assim, uma diferença maior do que 10%, entre o n.º confirmado de participantes e o número de participantes no dia da visita, deverá ser comunicada atempadamente para evitar o pagamento da totalidade do valor correspondente ao número reservado de participantes.

A não comparência sem desmarcação prévia implica o pagamento do valor integral das visitas acompanhadas, pois foram mobilizados meios para assegurar o acompanhamento do grupo. O cancelamento deverá ser sempre comunicado com a devida antecedência (3 dias úteis), para que a reserva possa ser anulada.

Na circunstância de ocorrer um atraso do grupo, o programa definido poderá vir a ser comprometido se o atraso for superior a trinta minutos. O grupo deverá, pois, considerar chegar sempre ao local previsto com a devida antecedência para prever um eventual atraso.

Quando uma visita acompanhada por guia é marcada prevê-se o acompanhamento da atividade escolhida por um guia/monitor com a formação adequada, bem como, eventualmente, o material necessário para a sua implementação. O técnico não dispõe, pois, de condições para alterar o programa na hora. O clima de Sintra é carateristicamente húmido e instável, pelo que o grupo deverá vir preparado para eventualidade de ter que fazer a visita com chuva, se optar por não a cancelar antecipadamente perante as previsões climatéricas. Em condições de mau tempo que coloquem em risco a qualidade da visita ou a segurança dos visitantes, a Parques de Sintra tomará a iniciativa de cancelar a visita sem quaisquer custos para o grupo.

Quaisquer alterações no programa acordado, no número de participantes ou até mesmo uma eventual desmarcação, deverão ser comunicadas à Parques de Sintra com um mínimo de três dias úteis de antecedência.

O pagamento da visita pode ser efetuado no próprio dia, antes do seu início, junto de uma das nossas bilheteiras. As bilheteiras aceitam pagamentos em numerário, cartão de crédito ou Multibanco, salvo quando indicado em contrário. Também pode optar por efetuar o pagamento previamente, por transferência bancária. Se preferir esta opção, deve contactar a Parques de Sintra para obter mais informações sobre este procedimento.

Mediante a intenção de reserva, o responsável pelo grupo deve contatar a Parques de Sintra via telefone ou e-mail disponibilizando todos os dados referentes à visita que pretende (identificação do grupo, identificação e contacto de um responsável pela visita, data e horário pretendidos, número de participantes, local a visitar, visita/atividade a realizar). Será remetida uma resposta por e-mail com a validação da reserva. O responsável pelo grupo deverá verificar, no documento de validação de reserva emitido, se a visita foi marcada de acordo com as suas expetativas. Quaisquer discrepâncias ou alterações deverão ser assinaladas logo que possível, pois as condições acordadas serão as consideradas no dia da visita. Esse documento final de validação de reserva deverá acompanhar o grupo no dia da visita e ser entregue na bilheteira à chegada do grupo.

O local de início de cada visita depende do tipo de visita e do monumento a visitar. Este local é sempre confirmado no documento de validação de reserva que o responsável de visita recebe.

Para garantir o conforto dos visitantes, e tendo em conta o clima húmido e instável da Serra de Sintra, recomendamos o uso de calçado confortável com sola aderente e roupa adequada às condições atmosféricas durante a visita. Estamos sempre disponíveis por telefone para fornecer informações sobre as condições atmosféricas em Sintra até à véspera da visita. Mesmo que a visita não se realize no exterior, a visita ao Palácio da Pena, ao Palácio de Monserrate e ao Convento dos Capuchos pressupõe uma caminhada pelos respetivos parques. A visita ao Castelo dos Mouros é exterior na totalidade do percurso.

O Parque da Pena, a Abegoaria e Quinta da Pena, o Parque de Monserrate, a Quintinha de Monserrate e o Convento dos Capuchos dispõem de zonas próprias para merendar ao ar livre.
No Castelo dos Mouros, Palácio Nacional de Sintra e Palácio Nacional e Jardins de Queluz não existem zonas de merenda autorizadas.

Recomendamos que o acesso ao Convento dos Capuchos se faça pela estrada do Pé da Serra (seguindo pela EN247 até Pé da Serra e, nessa localidade, tomar a EN247-3), uma vez que é essa a estrada que apresenta melhores condições para o trânsito de autocarros. Para circulação nesta estrada recomenda-se a escolha de um autocarro baixo e de um andar apenas.

Para a compra antecipada de bilhetes de Agências/Operadores Turísticos deverá utilizar o e-mail: info@parquesdesintra.pt ou contacto telefónico: +351 21 923 73 00. Saiba mais [+]

O acesso ao Parque de Monserrate em autocarro deverá efetuar-se por Colares. Por esta via é permitida a circulação de autocarros até 55 lugares. Recomenda-se a escolha de um autocarro baixo e de um andar apenas. O acesso ao Parque de Monserrate a partir do Centro Histórico da Vila de Sintra só é possível em minibus. Caso o grupo seja transportado num autocarro de maiores dimensões, o trajeto deverá ser feito com recurso ao transporte público (Monserrate é servido pelo autocarro n.º 435 da Scotturb, com partida da estação de comboios e do posto de turismo da vila de Sintra).

O trânsito de autocarros até à entrada do Castelo dos Mouros, a partir do Centro Histórico da Vila de Sintra, só é autorizado a autocarros com menos de 35 lugares e de apenas um andar com uma tonelagem máxima de 5,5t. Caso o grupo seja transportado num autocarro de maiores dimensões, o trajeto deverá ser feito com recurso ao transporte público (o Castelo dos Mouros é servido pelo autocarro n.º 434 da Scotturb, com partida da estação de comboios e do posto de turismo da vila de Sintra) ou a pé.

Se optar por fazer o trajeto a pé, o grupo poderá considerar as seguintes opções:

Percurso a partir da Vila de Sintra, pela Igreja de Santa Maria:
O autocarro deverá deixar o grupo no centro Histórico de Sintra; deverá tomar, a pé, o percurso pedestre que se inicia no junto ao Palácio Nacional (Largo Rainha D. Amélia), sobe até à Fonte da Sabuga, subindo a Calçada dos Clérigos até à Igreja de Santa Maria onde se toma o percurso pedestre para o Castelo Mouros; este percurso ascendente é de cerca de 1,65km até ao Centro de Atendimento ao Visitante do Castelo dos Mouros; a maior parte deste percurso é feita por caminhos pedestres; contudo, deverá ser acautelada a segurança do grupo durante o troço do percurso em estradas com circulação automóvel.

Percurso a partir de São Pedro de Sintra:
O autocarro deverá deixar o grupo no largo da feira de São Pedro de Sintra, onde poderá permanecer estacionado;
o grupo deverá tomar, a pé, a estrada de calçada que sobe até ao Parque da Pena a partir do Largo de São Pedro e daí aceder ao Castelo dos Mouros; este percurso ascendente dista cerca de 1,75km até ao Centro de Atendimento ao Visitante do Castelo dos Mouros; deverá ser acautelada a segurança dos grupos, dado que nesta estrada circulam viaturas em sentido descendente.

Todas as visitas com acompanhamento de guia estão sujeitas a marcação prévia com exceção das visitas guiadas fixas que se realizam todos os dias nos Palácios da Pena, Queluz e Sintra. As visitas guiadas fixas ocorrem em horários pré-definidos, bastando adquirir o bilhete à chegada ao monumento. Poderá, contudo, efetuar a reserva antecipada para garantir a sua inscrição.
As visitas guiadas fora dos horários fixos devem ser reservadas previamente para averiguar disponibilidade de calendário e guias. Para efetuar uma reserva deve contactar a Parques de Sintra através do email info@parquesdesintra.pt ou do telefone + 351 21 923 73 00 (todos os dias das 09h30 às 18h30). O tipo de visita, a data e a dimensão do grupo são fatores que poderão condicionar amarcação. Esta só é válida após receção e aceitação das condições de reserva enviadas pela Parques de Sintra no documento de validação de reserva.

O trânsito de autocarros até à entrada do Parque e Palácio Nacional da Pena, a partir do Centro Histórico de Sintra, só é autorizado a autocarros com menos de 35 lugares e apenas um andar, com uma tonelagem máxima de 5,5t. Caso o grupo seja transportado num autocarro de maiores dimensões, o trajeto deverá ser feito com recurso ao transporte público (o Parque da Pena é servido pelo autocarro n.º 434 da Scotturb, com partida da estação de comboios e do posto de turismo da vila de Sintra) ou a pé.

Se optar por fazer o trajeto a pé, o grupo poderá considerar as seguintes opções:

Percurso a partir da Vila de Sintra – Igreja de Santa Maria e Castelo dos Mouros:
O autocarro deverá deixar o grupo no centro Histórico de Sintra; deverá tomar, a pé, o percurso pedestre que se inicia no junto ao Palácio Nacional (Largo Rainha D. Amélia), sobe até à Fonte da Sabuga, subindo a Calçada dos Clérigos até à Igreja de Santa Maria onde se toma o percurso pedestre para o Castelo Mouros acedendo-se, por aí, à Pena; este percurso ascendente é de cerca de 2km até à entrada principal do Parque da Pena a maior parte deste percurso é feita por caminhos pedestres; contudo, deverá ser acautelada a segurança do grupo durante o troço do percurso em estradas com circulação automóvel.

Percurso a partir de São Pedro de Sintra:
O autocarro deverá deixar o grupo no largo da feira de São Pedro de Sintra, onde poderá permanecer estacionado; o grupo deverá tomar, a pé, a estrada de calçada que sobe até à Pena a partir do Largo de São Pedro; este percurso ascendente é de cerca de 1,4km até à entrada principal do Parque da Pena; deverá ser acautelada a segurança do grupo, dado que nesta estrada circulam viaturas em sentido descendente.

O acesso à Quintinha de Monserrate em autocarro deverá efetuar-se por Colares. Por esta via é permitida a circulação de autocarros até 55 lugares. Recomenda-se a escolha de um autocarro baixo e de um andar apenas. O acesso à Quintinha a partir do Centro Histórico da Vila de Sintra só é possível em minibus.
A Quintinha situa-se 800m antes da entrada do Parque de Monserrate, do lado esquerdo da estrada vindo do centro histórico de Sintra.

Para se ter acesso ao desconto Lisboa Card, é necessário apresentar o cartão e o respectivo voucher. Este procedimento está descrito no livro de vouchers que é entregue quando se adquire o cartão Lisboa Card.

Os preços com o desconto, até 25/10, são:

Palácio e Parque da Pena: 12,00 €
Convento dos Capuchos: 4,50 €
Chalet da Condessa D’Edla: 7,50 €
Castelo dos Mouros: 5,50 €
Parque Pena: 5,50 €
Palácio Nacional de Sintra 7,50 €
Palácio Nacional de Queluz: 7,50 €
Palácio de Monserrate: 5,50 €

Teremos todo o prazer em esclarecê-lo. Veja a nossa página de contactos.

Devem ser apresentados documentos oficiais que comprovem a residência, como por exemplo, Cartão do Cidadão (requer o PIN), Bilhete de Identidade, Carta de Condução, Cartão de Contribuinte ou Cartão de Eleitor. No caso de apresentação de uma fatura de eletricidade, água, gás, entre outras, esta tem que ser acompanhada de documento identificativo para verificação do nome do titular da fatura.

Apenas os munícipes de Sintra podem usufruir de entradas gratuitas aos Domingos, durante todo o dia, nos monumentos sob gestão da Parques de Sintra.

Todos os monumentos sob gestão da Parques de Sintra estão abertos todos os dias do ano, exceto dia 1 de Janeiro e 25 de Dezembro.

Os bilhetes combinados permitem visitar mais do que um parque/monumento em dias diferentes, ou seja, pode visitar cada local uma única vez mas em dias distintos.

O visitante tem 30 dias, após a primeira visita, para visitar os restantes monumentos a que se destina o respetivo ingresso.