Logo Psml Small

Coleções em Foco

Colecoes_em_Foco-banner

‘Coleções em Foco’ é uma iniciativa editorial da Parques de Sintra que tem por objetivo a publicação e divulgação de resultados de investigações e estudos sobre objetos, personagens e temas que envolvam os acervos dos Palácios Nacionais de Sintra, Queluz e Pena, ou outros acervos ligados às vivências da família real nestes espaços.

Trata-se de monografias publicadas e distribuídas em formato e contexto digital, na Internet, de acesso livre e gratuito, em português, inglês e espanhol.

Pretende-se, através do lançamento destas edições, aumentar exponencialmente o acesso, partilha e disseminação do conhecimento científico associado às coleções dos Palácios Nacionais sob gestão da Parques de Sintra, bem como estimular novas investigações e estudos aprofundados que valorizem as coleções à sua guarda, reforçando ou criando novos pontos de atração académica e turística.

‘Coleções Em Foco’ é uma iniciativa editorial aberta à colaboração de investigadores externos, convidados para o efeito, provenientes do âmbito académico, museológico ou patrimonial.

Este projeto editorial terá uma periodicidade regular, e os respetivos números serão lançados em formato eBook (PDF interativo, otimizado para leitura digital e para impressão).

ISBN da coleção: 978-989-99815-1-5

 

Capa da edição número 1 das 'Coleções em Foco'

Número 1:

Retrato de Jovem Nobre, Cavaleiro da Ordem de Calatrava [PDF] [HQ PDF]

Pintura proveniente das coleções da Casa Real, vinculada ao Palácio Nacional de Sintra na fase final da monarquia.

Autoria: Fernando Montesinos (historiador da arte e museólogo, conservador do Palácio Nacional de Sintra)

Edição: Parques de Sintra, 2017

ISBN: 978-989-98669-8-0

O primeiro número da série ‘Coleções Em Foco’ diz respeito a um retrato de corte que ingressou nas coleções da Casa Real como “Retrato do rei D. Sebastião”. Uma identificação posta em causa desde cedo, ainda no período monárquico. A mudança oficial para “Retrato de jovem nobre, cavaleiro da Ordem de Calatrava” remonta a 2006, bem como a atribuição da autoria a Juan Pantoja de la Cruz (c.1553-1608), principal retratista da corte espanhola entre final do século XVI e início do século XVII, durante o reinado de Felipe III (Filipe II de Portugal). Trata-se de uma pintura incontornável do acervo do Palácio Nacional de Sintra, sobre a qual persistiam ainda muitas interrogações.

Saber Mais

img pintrest